fbpx

Sem categoria

fev
14

CONVERSA COM A DIPLOMATA ANNA MAMEDE

Anna Mamede foi uma das três mulheres aprovadas no CACD 2018. Confira dicas valiosas que ela nos trouxe com uma conversa sobre sua experiência ao concurso!

DETAIL
fev
06

[Para o CACD] Relações Brasil – EUA: o que pode mudar?

Conheça as principais mudanças indicadas pela maior aproximação nas relações Brasil – EUA. Tema presente no edital do CACD, em política internacional.

DETAIL
fev
05

Pirataria, rateio de cursos e o CACD

Com a pirataria e a prática criminosa de rateios de cursos ao CACD, quem perde são alunos(as) que deixam de ter bons cursos, professores e professoras!

DETAIL
jan
22

Carreira Diplomática: 2 conceitos para direcionar seus passos em 2019

Confira os dois conceitos relacionados para direcionar seus estudos à carreira diplomática e, consequentemente, o trabalho de toda equipe do IDEG!

DETAIL
ago
07

CACD 2018 | Questão comentada – Direito Interno – Item 4

Neste artigo, você encontrará abordagens do tema do item 4, presente no edital do CACD 2018, na subseção de Noções de Direito e ordenamento jurídico brasileiro. Confira!

DETAIL
jul
23

CACD – 5 erros que desmotivam os candidatos

Confira esses cinco erros cometidos pela maioria dos alun@s e saiba como evitá-los para garantir motivação de sobra nesta sua travessia rumo ao CACD.

DETAIL
jul
20

[E-BOOK] 7 erros clássicos que prejudicam seu desempenho no CACD

Confira os sete erros mais comuns que a maioria dos estudantes comete em seu preparo rumo ao CACD e saiba como evitá-los!

DETAIL

Fundamentos da Preparação – Economia 1

*prof. Marcello Bolzan Este é o primeiro capítulo de um conjunto de escritos que compõem a série “ECONOMIA ELEMENTAR para o CACD”. O assunto tratado é de extrema importância e um dos que mais geram confusões para os alunos: as diferenças básicas entre os pensamentos ortodoxo e heterodoxo na economia. Obviamente, não se esgotará o tema aqui. Porém, existe uma diferença básica e fundamental que produz concreta compreensão. O elemento fundamental que diferencia os pensamentos é a forma como os pensadores notam o “equilíbrio econômico”. Esse será atingido, na teoria, quando o número de agentes dispostos a ofertar um produto (ou seja, dispostos a transformar a natureza em que vivem para buscar ali utilidade material) for igual ao número de agentes dispostos a demandar o produto (em outras palavras, dispostos a absorver o bem-estar gerado pela transformação da natureza). A igualdade de “vontades e virtudes” leva o sistema econômico ao equilíbrio em que esforços de produção e de absorção se tornam idênticos. Para os chamados ortodoxos, essa estabilidade se faz de forma natural. A dinâmica de absorção (revelada pela demanda dos agentes) se torna infinita. Portanto, para qualquer nível de oferta sempre haverá uma correspondente demanda. Tudo aquilo que se mostrar como transformação da natureza e gerar bem-estar será demandado naturalmente. Portanto, […]

DETAIL