fbpx

CACD 2021 - Acompanhamento Individual de Redação

REDAC

Acompanhamento, Correção e Orientação Individual para Redação de Português através de Ciclos

Inovador

Não é um curso de redação comum baseado apenas em logística de materiais corrigidos. O professor é quem capacita, orienta e mensura a performance do estudo do(a) aluno(a).

Individualizado

É um acompanhamento individual. As correções são detalhadas, seguem os critérios contidos no edital e se apoiam na experiência de análise de centenas de espelhos de respostas recebidos a cada ano pelo professor.

Assertivo

O Redac é um curso diferente. O volume de aulas é reduzido e o foco na produção é total. Você será orientado(a) de forma assertiva até o desenvolvimento total das competências exigidas na prova.

Funcional

O Redac funciona por ciclos de execução de tarefas, correções, refazimentos, novas correções e encontros individuais com o professor. Três ciclos completos serão realizados em seis semanas de curso.

Como funcionam os ciclos?

1

Aula Introdutória

A aula inaugural tem como objetivo posicionar o (a) aluno (a) em relação às exigências estruturais da prova de 2ª fase do CACD.

2

Execução da atividade

Execute as atividades contidas no simulado e envie para a correção. O professor devolverá uma correção inicial densa, minuciosa e repleta de indicações de melhorias. Reflita sobre cada sugestão. Aí reside o caminho à alta performance.

3

Refazimento da atividade

A partir da correção inicial, refaça o simulado atentando-se às melhorias. O professor irá corrigir novamente seu trabalho e avaliar a condição posterior às indicações. Esse processo produz indicadores importantes para o (a) aluno (a) e ao docente.

4

Encontro individual

Conhecendo a evolução do trabalho do (a) aluno (a), o professor conduzirá um encontro individual (1h) em que aspectos específicos serão abordados e estratégias serão formuladas, de modo que a performance aumente logo no próximo simulado.

curso diplomata português

Sobre o docente: Luis Ladeira

Com 20 anos de experiência em sala de aula, o professor Luis Ladeira atua na preparação de candidatos ao concurso para diplomata há 15 anos. Especialista nas questões de provas do Cespe/Cebraspe, foi aprovado em 1.º lugar no concurso organizado por essa banca para revisor de texto da Câmara Legislativa do DF em 2006. É professor de português do IDEG desde 2019.

Dúvidas Frequentes

– Como funciona a aula introdutória?

A aula introdutória fica gravada e o (a) aluno (a) assiste a ela antes de começar a escrever seu simulado. Serve como orientação não só para a dinâmica do trabalho de acompanhamento individual, mas também como direcionamento bibliográfico e apresentação das técnicas de construção textual mais produtivas.

Este trabalho é um acompanhamento individual e não há outras aulas.

– O que é o refazimento?

O refazimento é a segunda parte do ciclo: o (a) aluno (a) já recebeu a primeira versão de seu simulado, corrigida com anotações detalhadas do professor, e deve refazer os textos a partir dessas orientações. Pode ser necessário reelaborar o roteiro, refazer a pesquisa para melhorar o argumento, revisar algum ponto gramatical em que o aluno esteja tendo mais dificuldade, ou pode ser que o (a) aluno (a) só precise ajustar alguns pontos; isso vai depender das características do primeiro texto. O refazimento é crucial para que o (a) aluno (a) entenda claramente a correção e desenvolva a capacidade de reelaborar e melhorar o próprio texto.

– Como a metodologia de correção é estabelecida e como é feita essa correção?

A correção é feita exclusivamente pelo professor Luis Ladeira, com base nos padrões de qualidade que a banca regularmente exige dos (as) candidatos (as). A distribuição da pontuação e a legenda de correção são adaptadas para facilitar a compreensão que o (a) aluno (a) terá da correção. Na primeira versão, as anotações detalhadas fundamentam o refazimento; na segunda versão, além das anotações, o (a) aluno (a) recebe uma nota em cada texto, a qual objetiva dar ao aluno uma referência aproximada de seu desempenho. É importante ressaltar que a nota dada pelo professor em um simulado não é previsão da nota que o (a) aluno (a) virá a obter numa prova real do concurso; a nota é, na verdade, o aspecto menos importante desse trabalho, que é um acompanhamento individual.

– Como funcionam os encontros individuais?

O encontro individual, de 1 hora, é feito ao fim de cada ciclo, isto é, de cada simulado, após o refazimento. Nele, o professor esclarece ao aluno dúvidas da correção, sinaliza modos de tornar o texto ainda melhor, reforça pontos positivos do texto para que o (a) aluno (a) obtenha maior proveito e dá todas as orientações que forem necessárias para que o aluno se prepare adequadamente para o próximo ciclo.